Catálogo do ISPA. Pesquisa: "DE Idade escolar" + "DE Idade escolar$" Resultados de 1 a 5 sobre 16 encontrados.
Enviar resultados por:
Envio de resultados por email
  
impressão de resultados
  
Exportação de resultados para iso2709
  
Visualizar no formato:
Seleccionar resultados:
    

Autor: BARATA, Margarida da Silva Gonçalves
Título: A motivação para a aprendizagem em crianças do 1º ano de escolaridade : comparação de dois curriculos / Margarida da Silva Gonçalves Barata
Publicação: Lisboa : Instituto Superior de Psicologia Aplicada, 2006
Descrição física: 151 p.
Resumo de autor: RESUMO : O presente trabalho, tem como principal objectivo caracterizar a motivação para a aprendizagem em crianças do 1º ano de escolaridade e investigar a influência que os currículos de pré-escolar (João de Deus e Movimento da Escola Moderna) têm sobre os níveis de motivação para a aprendizagem no 1º Ciclo.
Participaram neste estudo 122 crianças, divididas em dois grupos, onde 50 crianças frequentam o 1º ano de escolaridade de uma escola com um currículo mais centrado na criança (Movimento da Escola Moderna), e outras 72 crianças frequentam uma escola com um currículo directivo e mais estruturado (João de Deus).
Num primeiro momento e tendo como finalidade caracterizar o tipo de currículo utilizado nas salas de pré-escolar frequentadas pelos alunos que constituem a nossa amostra, foi adoptada uma grelha de observação de sala de aula.
Esta grelha foi adaptado do CPI (Classroom Pratices Inventory) Inventário de Práticas de sala de Aula) desenvolvido por Hyson, Hirsch- Pasek e Rescorla (1990), assim como da Eccers (Early Clhildhood Envinonment Scale), desenvolvida por Hams e Clifford (1988) instrumentos considerados adequados para diferenciar programas, permitindo avaliações de salas de Jardim de Infância fiáveis e válidas.
Num segundo momento, e tendo como objectivo avaliar a motivação para as aprendizagens dos alunos, utilizou-se uma Escala de Motivação, adaptada do FAS (Young Children's Feelings About School) proposto por Stipek e colaboradores (Stipek, Feiler, Daniels & Milburn, 1995; Stipek & Gralinski, 1996; Stipek & Ryan, 1997). É uma escala destinada a ser aplicada a crianças de idade Pré-escolar e 1º ciclo do Ensino Básico.
Às crianças foi pedido que respondessem à Escala de Motivação constituída por vários conjuntos de itens: Competência percepcionada, Atitudes face à escola, Ansiedade, Preferência pelo desafio, Expectativas para o sucesso e Dependência.
Para procedermos à análise estatística dos dados obtido, foram utilizados testes não paramétricos para amostras independentes Mann-Whitney e Qui-Quadrado, e testes não paramétricos para amostras dependentes Wilcoxon e McNemar.
Os testes utilizados pretendiam verificar a existência ou não de diferenças significativas na motivação para a aprendizagem dos alunos a frequentar o currículo João de Deus e os alunos a frequentar o Movimento da Escola Moderna.
Os resultados obtidos no estudo revelam que as crianças a frequentar ambos os currículos apresentam uma elevada percepção de competências, elevada satisfação perante a escola, alguma ansiedade perante situações adversas, elevada preferência pelo desafio, elevada expectativa para o sucesso e autonomia. Contudo, surge apenas uma diferença formal entre as crianças que frequentam os dois currículos, sendo ela a maior necessidade das crianças a frequentar o Currículo João de Deus de olhar para o experimentador durante a execução do puzzle.

Em suma, os resultados globais demonstram que apesar das crianças frequentarem dois currículos com diferentes orientações, ambos promovem nas crianças bons níveis de motivação e sentimentos acerca da escola.
Notas diss.ou tese: Dissertação de mestrado em Psicologia Educacionall, apresentada ao Instituto Superior de Psicologia Aplicada, sob a orientação do Prof(ª). Dr(a). Lurdes Matta
Assuntos: Dissertações de Mestrado / Psicologia Educacional / Motivação / Aprendizagem / Idade Escolar / Curriculum / Métodos de Observação
Subject: Dissertations / Motivation / Learning / School-Age-Children / Curriculum / Observation Methods
OCL: 1120 - Dissertações de Mestrado
URL: http://hdl.handle.net/10400.12/342
Cota: DM BARA/M1 ISPA 17774
Tipo de documento: Texto impresso
País de publicação: Portugal



Marcar

Autor: REBELO, Sally Franco
Título: Era uma vez... uma visita ao oceanário : efeitos do tipo de discurso e produção escrita na recordação de crianças dos 9 aos 11 anos de idade / Sally Franco Rebelo
Publicação: Lisboa : Instituto Superior de Psicologia Aplicada, 2004
Descrição física: 154 p.
Resumo de autor: RESUMO: O presente estudo teve como objectivos averiguar se o tipo de discurso, narrativo ou descritivo e a execução de uma produção escrita, influenciavam a retenção/recordação de informação em crianças dos 9 aos 11 anos de idade, sobre o acontecimento de uma visita ao Oceanário de Lisboa.
A situação experimental englobou uma amostra de 108 crianças, entre os 9 e os 11 anos de idade, provenientes de 4 escolas do Io Ciclo do Ensino Básico. A divisão desta amostra processa-se do seguinte modo: 1 Grupo Narrativo, 1 Grupo Descritivo e 1 Grupo Sem Verbalização. Distinguindo-se dentro de cada grupo, dois subgrupos, pela execução ou não de produção escrita após o acontecimento, prefazendo um total de 6 subgrupos independentes e equivalentes com 18 crianças cada.
O mesmo acontecimento foi apresentado de três modos diferentes aos três grupos. A um dos grupos o acontecimento foi acompanhado de uma verbalização do tipo narrativo, a outro a mesma informação foi apresentada de forma descritiva e ao terceiro grupo não foi dada essa informação.
Ocorrem três momentos de recolha de dados, onde foi pedido às crianças através da recordação livre, informação respeitante ao acontecimento. Os três momentos são: a Produção Escrita - logo após o acontecimento (a apenas três dos subgrupos), o Io Pós-teste - logo após o acontecimento, e o 2o Pós-teste - uma semana após o acontecimento.
As quatro hipóteses de investigação colocadas incidiam sobre a influência da verbalização, o tipo de discurso apresentado e a existência de produção escrita, na quantidade de informação retida/recordada pelas crianças.
Assim, esperava-se que as crianças que recordassem mais informação fossem: as sujeitas à verbalização; ao tipo de discurso narrativo; que efectuassem uma produção escrita e ainda a conjugação do tipo de discurso narrativo com a produção escrita.
A análise estatística teve como base os testes: Mann Whitney, Wilcoxon e Anova Oneway. Os resultados corroboraram as quatro hipóteses colocadas inicialmente, revelando que as crianças cujo acontecimento foi acompanhado de verbalização, foram as que mais informação recordaram. Ocorrendo o mesmo quando o discurso era do tipo narrativo. Comprovando-se ainda que a produção escrita facilitou a recordação e mais ainda se associada ao tipo de discurso narrativo.
Os resultados sugerem que a verbalização, em especial o tipo de discurso apresentado influencia a organização da memória das crianças. Os desempenhos dos três grupos de crianças revelaram-se muito diferentes, tendo as crianças de verbalização narrativa mais beneficiado do tipo de discurso na recordação do acontecimento. A produção escrita revelou-se também benéfica no desenvolvimento e reorganização do pensamento.
Este estudo pretende contribuir para realçar a importância da apresentação de informação em experiências de vida, de modo que as crianças possam beneficiar em pleno das informações que lhes são transmitidas.
Notas diss.ou tese: Dissertação de mestrado em Psicologia Educacional, apresentada ao Instituto Superior de Psicologia Aplicada, sob a orientação do Prof. Dr. Isabel Matta
Assuntos: Dissertações de Mestrado / Psicologia Educacional / Escrita / Idade Escolar / Narrativa / Desenvolvimento / Memória / Análise de Decisão / Psicologia Cognitiva
Subject: Dissertations / Educational Psychology / Writing / School Age Children / Narratives / Development / Memory / Discourse analysis / Cognitive Psychology
OCL: 1120 - Dissertações de Mestrado
3500 - Psicologia Educacional
URL: http://hdl.handle.net/10400.12/840
Cota: DM REBE/S1 ISPA 17775
Tipo de documento: Texto impresso
País de publicação: Portugal



Marcar

Autor: PARENTE, Sónia
Título: Efeito de um programa de leitura a par no desempenho em leitura, na motivação e na autonomia de crianças do 1º ciclo : análise das dinâmicas interactivas / Sónia Parente
Publicação: Lisboa : Instituto Superior de Psicologia Aplicada, 2007
Descrição física: 179 p.
Resumo de autor: RESUMO : Esta investigação teve dois objectivos. O primeiro foi de avaliar o impacto de um Programa de Leitura a Par (Monteiro, 2003), que utiliza o método tutorial, no desempenho em leiura, na motivação para a leitura e na autonomia das crianças. O segundo objectivo foi o de analisar quais os processos envolvidos nas dinâmicas interactivas das díades, de forma a caracterizar as dinâmicas promotoras e as não fomentadoras de aprendizagem, tendo como base as dinâmicas apresentadas nas sessões de leitura e os ganhos no desempenho em leitura obtidos pelas crianças.
Neste estudo participaram 32 crianças com dificuldades em leitura, assinaladas pelos seus professores, 16 crianças que frequentavam o 2º ano de escolaridade e 16 crianças que frequentavam o 4º ano de escolaridade. Dos sujeitos de cada um dos anos de escolaridade, foram seleccionados de forma aleatória 8 sujeitos para o grupo experimental e 8 sujeitos para o grupo de controlo. Assim, obtivemos um total de 8 díades, formadas por um tutor do 4º ano e por um tutorando do 2º ano, que participaram no Programa de Leitura a Par, que teve a duração de 7 semanas, com 3 sessões semanais com a duração de 30 minutos cada. As 16 crianças do grupo de controlo não participaram nesse Programa mas realizaram actividades de leitura individual, com exactamente a mesma duração, com os mesmos materiais de leitura presentes no mesmo espaço e também com a presença conjunta de crianças do 2º ano e do 4º ano, mas sem interacção entre os participantes.
Todas as crianças foram avaliadas individualmente antes das sessões de leitura e depois de terem participado nas mesmas: nos três parâmetros da leitura (correcção, fluência e compreensão) através de um teste de avaliação do desempenho em leitura (Monteiro, 2000); na motivação para a leitura através do questionário "Eu e a Leitura" (Monteiro & Mata, 2000) e na autonomia, utilizando a versão aferida do Self-Regulation Questionnaire (Deci & Ryan, 1985). Após as avaliações finais, as dinâmicas interactivas foram analisadas com o intuito de obter um padrão comum entre os sujeitos que obtiveram mais ganhos no seu desempenho em leitura bem como nos que menos evoluíram.
Nos resultados obtidos apenas se verificou o efeito benéfico do Programa de Leitura a Par na autonomia das crianças do 2º ano de escolaridade, não se tendo verificado diferenças estatisticamente significativas entre o grupo experimental e o grupo de controlo em qualquer outra variável em estudo.
A análise das dinâmicas interactivas não revelou a existência de um padrão comum, correspondente a maiores ou a menores ganhos no desempenho em leitura, quer para os tutores, quer para os tutorandos.
Os resultados desta investigação permitem-nos afirmar que o Programa de Leitura a Par teve um impacto positivo na auto-regulação das aprendizagens das crianças do 2º ano, sendo a regulação da sua motivação mais auto-determinada.

Notas diss.ou tese: Dissertação de mestrado em Psicologia Educacional, apresentada ao Instituto Superior de Psicologia Aplicada, sob a orientação do Prof. Dr. José Morgado
Assuntos: Dissertações de Mestrado / Psicologia Educacional / Motivação / Leituras / Idade Escolar / Instrumentos / Autonomia / Programs
Subject: Dissertations / Education Psychology / Motivation / Reading / School-age-children / Instruments / Autonomy / Programs
OCL: 1120 - Dissertações de Mestrado
3500 - Psicologia Educacional
URL: http://hdl.handle.net/10400.12/757
Cota: DM PARE/S1 ISPA 17764
Tipo de documento: Texto impresso
País de publicação: Portugal



Marcar

Autor: REIS, Maria João Rodrigues de Sá
Título: Compreensão da leitura [Texto policopiado] : desempenho em alunos surdos severos e surdos profundos no final do 1º ciclo do ensino básico / Maria João Rodrigues de Sá Reis
Publicação: Lisboa : Instituto Superior de Psicologia Aplicada, 2007
Descrição física: 142 p.
Notas diss.ou tese: Disssertação de mestrado em Psicologia Educacional, apresentada ao Instituto Superior de Psicologia Aplicada, sob a orientação da Profª Drª MArgarida Alves Martins
Assuntos: Dissertações de Mestrado / Psicologia Educacional / Surdos / Leitura / Idade Escolar / Instrumentos / Aprendizagem / Ensino
Subject: Dissertations / Educational Psychology / Deaf / Reading / School Age Children / Instruments / Learning / Teaching
OCL: 1120 - Dissertações de Mestrado
3500 - Psicologia Educacional
URL: http://hdl.handle.net/10400.12/847
Cota: DM REIS/M1 ISPA 17300
Tipo de documento: Texto impresso
País de publicação: Portugal



Marcar

Autor: GONÇALVES, Cristina Rosa Ferreira da Costa Vieira
Título: Por detrás do quadro [texto policopiado] : a realidade dos maus tratos infantis na perspectiva dos professores do primeiro ciclo / Cristina Rosa Ferreira da Costa Vieira Gonçalves
Publicação: Lisboa : Instituto Superior de Psicologia Aplicada , 2006
Descrição física: 211 p.
Notas gerais: Dissertação de Mestrado em Psicologia Educacional apresentada ao Instituto Superior de Psicologia Aplicada sob orientação do Prof. Doutor Eduardo Sá
Assuntos: Dissertações de Mestrado / Psicologia Educacional / Professores / Instrumento / Bullying / Violência / Maus Tratos / Idade Escolar
Subject: Dissertations / Educational Psychology / Teachers / Instruments / Violence / Child Abuse / School-age children
OCL: 1120 - Dissertações de Mestrado
3500 - Psicologia Educacional
URL: http://hdl.handle.net/10400.12/560
Cota: DM GONC/C1 ISPA 17243
Tipo de documento: Texto impresso
País de publicação: Portugal



Marcar